Juiz trabalha de graça?: Ato de protesto contra o TJ

Quando:
20 de julho de 2017@14:00
2017-07-20T14:00:00-03:00
2017-07-20T14:15:00-03:00
Onde:
Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga
nº 115 - Centro

SERVIDORES PÚBLICOS ESTADUAIS!

VAMOS DAR UMA RESPOSTA AO JUDICIÁRIO!!!

“Mero aborrecimento”. É assim que os juízes do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) veem a atual situação deplorável dos trabalhadores de nosso Estado se encontram, por imposição do governador Luiz Fernando Pezão. Para os magistrados, que tem seus salários em dia e inúmeros benefícios extras, o estado de penúria, desespero e abandono sofrido pelos servidores do funcionalismo público estadual, que não têm dinheiro sequer para comprar seus alimentos, estão sendo despejados de suas moradias e caindo doentes por complicações físicas e mentais decorrentes dos sucessivos atrasos de salários é apenas um “mero aborrecimento”.

Vamos dar uma resposta aos juízes do TJ-RJ na próxima quinta-feira, 20/07, e mostrar que aborrecimento é a situação de subserviência do judiciário de nosso Estado frente ao governador Luiz Fernando Pezão e toda corrpução praticada pelo mesmo e sua quadrilha.

NÃO PODEMOS ACEITAR MAIS ABUSOS!!!

As categorias de servidores estaduais que compõem o Muspe, em especial o Sintuperj, convocam os trabalhadores de Uerj, Uenf e Uezo para que se juntem a esta luta por direitos e contra as maldades do Governo do Estado.